janeiro 14, 2006

A mim, nem a decência me cala...

Manuel Alegre, António Sousa Franco e Matilde Sousa Franco, a viúva aconselhada a evitar "fazer afirmações que não deve"

A vaguear por entre as ruínas e o trânsito do fim da tarde
As pessoas apressavam-se por causa do cair da noite
E o pobre homem
Seguia um destino sem rumo
Arrastando o seu cadáver
(Adolfo Luxúria Canibal)