outubro 10, 2005

Notas de poder localizado I

Ensina a experiência que o micro-cosmos autárquico só se inverte com o vento a favor. Porque cristaliza quatro anos. E porque se pagam o pulso da nação e os erros à vara. Não seria realista, como tal, pintar com cores muito diferentes os desenhos de 2001, ainda que estes tivessem sido pincelados para castigar o engenheiro refugiado. Porquê então um desaire rosa? É que mesmo as derrotas previsíveis não compreendem o seu prévio anúncio.
Há que saber esfolar, coelho. Há que saber esfolar coelho.