fevereiro 24, 2005

O Táxi

Não lhes sai uma palavra, aos passageiros. Evitam cruzar os olhares e nenhum tem coragem de assumir o destino. Ainda ecoa o som pesado do bater de portas. O condutor, fisionomia perturbadoramente parecida com Freitas do Amaral, sorri largo a cada vez que vira à direita.